O projeto

O projeto teve início em 2017 e configura-se como uma significativa ação de partilha. De modo a se contrapor à assepsia acadêmica, a subjetividade desde onde se fala e se vê, plasmada na tela-espelho dos vídeos, inscreve lugares não-hegemônicos de produção de conhecimento e de manutenção resiliente de vida. Por meio da exposição de seus estudos, as perspectivas diversas conformadas pelxs pesquisadorxs convidadxs indicam como as escritas literárias transpassam e ressignificam suas experiências. Aciona-se, assim, uma rede que tem mobilizado novas formas de articulação e produção dos saberes e que resguarda uma potência de transformação em relação aos padrões eurocentrados violentamente impostos na cultura e sociabilidade do Brasil.
Cientes da necessidade de visibilização sensível dessas narrativas, convidamos você a assistir os vídeos, ler os artigos, acompanhar nosso blog e a colaborar com o projeto!